Mar 12, 2008

Punk Marketing

Post por às em dicas, marketing, negocios, novidade, publicidade

Punk Marketing

Uma nova técnica de marketing promete ser a mais funcional ferramenta à disposição das empresas. Conhecido também como Marketing de Guerrilha, o Punk Marketing é muito mais um conceito a ser seguido e praticado do que propriamente uma cartilha recheada de dicas e conselhos. Antes de tudo, é preciso entender que o Punk Marketing foi assim denominado porque apresenta uma abordagem mais agressiva, ou seja, são ações mais diretas, cheias de impacto e energia, que exploram a comunicação e propagam mensagens que incentivam o consumo. A referência vem do movimento punk, iniciado nos EUA nos anos 70 e difundido posteriormente na Inglaterra. Foi um importante movimento cultural, caracterizado pela liberdade de expressão, ousadia e idéias agressivas. Sua maior manifestação foi na música – em 1974, com a banda americana The Ramones[bb] e na moda (roupas de couro, penteados moicanos e cabelos coloridos). É este conceito, aplicado na relação de empresas e produtos com seus consumidores, que fazem do Punk Marketing uma grande promessa para estreitar relações de compra e venda e criar fortes tendências de consumo.
A melhor definição para Punk Marketing, em minha opinião, vem da dupla de escritores norte-americana Richard Laermer e Mark Simmons. Segundo a dupla, “Punk Marketing é uma atitude de rebelião contra o tradicional. Uma nova forma de marketing que rejeita o status quo e reconhece o deslocamento do poder das corporações para os consumidores”.
Podemos aplicar o termo a toda ação de marketing viral, criada para ser estrategicamente veiculada no You Tube, Orkut e outras comunidades de relacionamento. Geralmente, são ações voltadas para mídias digitais, que rapidamente são espalhadas pelo mundo todo, lotando caixas de e-mail, gerando milhares de scraps e mensagens instantâneas. Agregada ao conteúdo das mensagens está a marca da empresa ou produto, que é vista e assimilada por milhares de pessoas. O melhor disso tudo é que o custo para desenvolver ações de Punk Marketing é relativamente baixo e o retorno muito alto.
Em tempos onde é preciso ser criativo para vender mais, sair do lugar comum e tradicional é, sem dúvida, um diferencial significativo. Uma boa dose de ousadia e agressividade também não faz mal a ninguém.

Fonte: Notícia Online

Esse tema também foi citado como uma das melhores palestras da Proxxima 2008

No momento estou ouvindo: Bodies – Sex Pistols[bb] uma banda punk referente a anos 70.