Jul 18, 2015

Manipulação de informações na Internet

Post por às em marketing, multimedia, negocios, video

Eu participei de uma entrevista no programa Conversas Cruzadas da TVCOM (RBS) junto com Hiram Damin e o Doutor José Vitor Lopes sobre o tema: Manipulação de informações na Internet.

Bloco 1 – Apresentação do Programa e falamos de como funciona a parte de métricas e anúncios na internet através de informações do usuário.

Bloco 2 – Detalhamento de como sites e aplicativos colhem os dados dos usuários na internet.

Bloco 3 – Dados e segurança na Internet através de comportamento.

Bloco 4 – As dicas de como se manter seguro das informações na Internet.

A entrevista foi bem legal, onde tive oportunidade de falar sobre transparência na compra de mídia através de segmentações do comportamento do usuário na internet e a utilização para o bem desses dados.

Com os dados mais precisos podemos qualificar e ter melhor performance para entregar um anúncio mais preciso a um usuário que tem interesse a mensagem do próprio anúncio.

Nov 04, 2013

One Man, One Band…

Post por às em ecommerce, livro, negocios

DIY (DO IT YOURSELF)  Faça você mesmo!Tive muita inspiração desse conceito, durante a banda que eu tive e as bandas da época que saíram do underground fazendo a correria para mobilizar as pessoas sem precisar ajuda da mídia de massa. Foi a internet e o boca a boca que fortaleceu o cenário. Veja mais no documentário que o Daniel Ferro fez documentário do underground ao emo. Usando exemplo, me inspirou muito na construção desse novo projeto, e essa correria esta sendo fantástica, um aprendizado sobre uma ótica que tenho uma visão completa e cuidado do projeto todo!

No caso do projeto,  estou cuidando realmente de todo livro, escrevendo, fazendo toda arte dele, diagramação, divulgação, o site e a loja online.
Conheça a loja online: www.fspina.com.br/store

Espero que goste desse trabalho que estou fazendo com muito amor 🙂
Fspina

Aug 13, 2013

Coquetel de Lançamento do Livro Technical Marketing por Felipe Spina

SAVE THE DATE – 31 de agosto

flyer_facebook

Reserve na sua agenda o dia 31 de agosto para o coquetel de lançamento do Livro de Felipe Spina, autor também do Facebook Marketing.

No próximo dia 31 de agosto, você está convidado para fazer parte do exclusivo coquetel de lançamento – no espaço Buenos Ayres em São Paulo – do segundo livro de Felipe Spina: o “Technical Marketing” (na versão impressa e Ebook).

Nesse novo livro, Felipe aborda estratégias para diferenciar produtos dos concorrentes, explorar as estratégias de vendas pelas características técnicas e metodologias que geram valor ao serviço e produto de uma maneira simples e direta. Traz uma versão mais holística, para ajudar pessoas que ainda não estão totalmente confiante com sua estratégia de comunicação. “Dessa forma, quero compartilhar todo o meu conhecimento e bagagem adquiridos durante meus dez anos de carreira” afirma Felipe.

Felipe Spina Atua há 10 anos com marketing digital, é autor do “Facebook Marketing”  http://www.ebookfacebookmarketing.com  e tem no seu currículo diversas empresas como, F.biz, Euro RSCG 4D, Giovanni+Draft FCB, Prefeitura de São Paulo, SEO Marketing, Urban Summer, além de ter atuado como analista de marketing digital na ASUS.  É professor do iMasters Pro e da Internet Innovation, nos cursos de Facebook Marketing, Facebook Ads e de Publicidade Digital com foco em Performance. Tem em seu portfólio clientes como Stella Artois, Audi, Amil e Itaú. É formado em Sistemas Virtuais pela Faculdade Oswaldo Cruz, também estudou Planejamento de Mídias Digitais na FGV e Planejamento de Mídia no Bootcamp da Miami Ad School, quando ganhou o prêmio de TOP DOG.

EVENTO: Coquetel de Lançamento do Livro “Technical Marketing”

DIA: 31 de agosto de 2013

HORÁRIO: das 16h às 19hs

ENDEREÇO:  Rua Alagoas, 493 – Higienópolis (Espaço Buenos Ayres) https://www.facebook.com/EspacoBuenosAyres

RSVP para imprensa: claudia.mamede@pitchcom.com.br

May 27, 2013

As 10 estratégias de manipulação midiática

Post por às em comunicacao, midia, negocios

20130527-125103.jpg

Por Noam Chomsky

Linguista, filósofo e ativista político estadunidense.
Professor de Linguística no Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Tradução: Adital

1. A estratégia da distração.

O elemento primordial do controle social
é a estratégia da distração, que consiste em desviar a atenção do
público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas
elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou
inundação de contínuas distrações e de informações insignificantes. A
estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir que o
público se interesse pelos conhecimentos essenciais, na área da
ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da
cibernética. “Manter a atenção do público distraída, longe dos
verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância
real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado; sem nenhum tempo
para pensar; de volta à granja com outros animais.
Ver “Armas silenciosas para guerras tranquilas”

2. Criar problemas e depois oferecer soluções.

Esse método também é denominado “problema-ração-solução”. Cria-se um problema,
uma situação” previsa para causar certa reação no público a fim de que
este seja o mandante das medidas que desejam sejam aceitas. Por
exemplo: deixar que se desenvolva ou intensifique a violência urbana,
ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público seja o
demandante de leis de segurança e políticas em prejuízo da liberdade.
Ou também: criar uma crise econômica para forçar a aceitação, como um
mal menor, do retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos
serviços púbicos.

3. A estratégia da gradualidade.

Para fazer com que uma medida inaceitável passe a ser aceita basta
aplicá-la gradualmente, a conta-gotas, por anos consecutivos. Dessa maneira,
condições socioeconômicas radicalmente novas (neoliberalismo) foram
impostas durante as décadas de 1980 e 1990. Estado mínimo, privatizações,
precariedade, flexibilidade, desemprego em massa, salários que já não
asseguram ingressos decentes, tantas mudanças que teriam provocado uma
revolução se tivessem sido aplicadas de uma só vez.

4. A estratégia de diferir.

Outra maneira de forçar a aceitação de uma
decisão impopular é a de apresentá-la como “dolorosa e desnecessária”,
obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É
mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrificio imediato.
Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente. Logo, porque
o público, a massa tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que
“tudo irá melhorar amanhã” e que o sacrifício exigido poderá ser
evitado. Isso dá mais tempo ao público para acostumar-se à ideia de
mudança e de aceitá-la com resignação quando chegue o momento.

5. Dirigir-se ao público como se fossem menores de idade.

A maior parte da publicidade dirigida ao grande público utiliza discursos,
argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas
vezes próximos à debilidade mental, como se o espectador fosse uma
pessoa menor de idade ou portador de distúrbios mentais. Quanto mais
tentem enganar o espectador, mais tendem a adotar um tom
infantilizante. Por quê? “Se alguém se dirige a uma pessoa como se ela
tivesse 12 anos ou menos, em razão da sugestionabilidade, então,
provavelmente, ela terá uma resposta ou reação também desprovida de um
sentido crítico.

6. Utilizar o aspecto emocional mais do que a reflexão.

Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito
na análise racional e, finalmente, ao sentido crítico dos indivíduos.
Por outro lado, a utilização do registro emocional permite abrir a
porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar ideias,
desejos, medos e temores, compulsões ou induzir comportamentos.

7. Manter o público na ignorância e na mediocridade.

Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos
utilizados para seu controle e sua escravidão. “A qualidade da
educação dada às classes sociais menos favorecidas deve ser a mais
pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que
planeja entre as classes menos favorecidas e as classes mais
favorecidas seja e permaneça impossível de alcançar

8. Estimular o público a ser complacente com a mediocridade.

Levar o público a crer que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto.

9. Reforçar a autoculpabilidade.

Fazer as pessoas acreditarem que são
culpadas por sua própria desgraça, devido à pouca inteligência, por
falta de capacidade ou de esforços. Assim, em vez de rebelar-se contra
o sistema econômico, o indivíduo se autodesvalida e se culpa, o que
gera um estado depressivo, cujo um dos efeitos é a inibição de sua
ação. E sem ação, não há revolução!

10. Conhecer os indivíduos melhor do que eles mesmos se conhecem.

No transcurso dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência geraram
uma brecha crescente entre os conhecimentos do público e os possuídos
e utilizados pelas elites dominantes. Graças à biologia, à
neurobiologia e à psicologia aplicada, o “sistema” tem desfrutado de
um conhecimento avançado do ser humano, tanto no aspecto físico
quanto no psicológico. O sistema conseguiu conhecer melhor o indivíduo
comum do que ele a si mesmo. Isso significa que, na maioria dos casos,
o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os
indivíduos, maior do que o dos indivíduos sobre si mesmos.

¨O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons¨.
(Martin Luther King)

Apr 15, 2013

Melhores práticas de monetização mobile

Algumas dicas para melhorar seu desempenho de anúncios pela RevMob, utilize as melhores práticas para obter um excelente resultado para seu rendimento. (Se você ainda não conhece clique aqui, e cadastre-se agora: RevMob)

Monetization App iphone

Como aumentar a receita através da sua app?!?

1. Tenha certeza que você está sempre usando a última versão recente do SDK usado na sua plataforma, ou então você vai perder performance  para baixo do seu eCPM.
2. O formato Fullscreen é melhor que o pop-up!
3. Use os Banners  junto com Fullscreen para ter estar complementando e aumentando a visibilidade para monetizar.
4. Entregue constantemente atualizações com relevancia assim o usuário voltar mais vezes e ser impactado pelos anúncios.

Se você ainda não conhece clique aqui, e cadastre-se agora: RevMob